A SEMENTE DE TEIS

Sairmos polo bairro e saudarmos a vizinhança fai-nos sentir bem. A Pili, o Jose, o Manolo, a Victória, a Pilar e a Elisa ficam contentes, e nós máis.
Apanhar ervas e flores, acarinhar as cadelas, chamar polas gatas, lavar as mãos no lavadoiro, observar a ria e correr polas ruas é viver um dia a dia máis normalizado. Levar o milho que debulhamos e o trigo do que falamos às pitas, supom que o que fazemos fai sentido para a vida.
Viva o bairro de Teis!